quinta-feira, 25 de junho de 2009

A Elegância do Comportamento!

Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, esteja cada vez mais rara: a elegância do comportamento.
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres ou dizer um simples obrigado.
É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas. Quando não há nenhum fotógrafo por perto.
É possível vê-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam. Nas pessoas que escutam mais do que falam. E quando falam, passam longe da fofoca e das maldades ampliadas no boca a boca.
É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigir a frentistas, por exemplo. Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros.
Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem presenteia fora das datas festivas... Oferecer flores é sempre elegante. É elegante você fazer algo por alguém, e este alguém jamais o saber.
É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao outro. É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais. É elegante retribuir carinho e solidariedade. É elegante o silêncio, diante de uma rejeição.
Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante.
Sorrir, sempre é muito elegante e faz um bem danado para a alma. Olhar nos olhos, ao conversar, é essencialmente elegante. Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural pela observação, mas tentar imitá-la é improdutivo.
A saída é desenvolver em si mesmo a arte de conviver, que independe de status social: se os amigos não merecem uma certa cordialidade, os desafetos é que não irão desfrutá-la.
Texto de Martha Medeiros.

Beijaooo da Morena!

10 Trocam idéias:

Lara disse...

Lindo texto. Acho que elegância é tudo isso e mais um pouco. Acho que sou um pouco elegânte.
beijos

Moni disse...

eu aconcordo com vc.... tds deveriam ser o mais elegantes possivel.. viveriamos mto melhor, e evitariamos mtos confrontos! beijos

Liane Mota disse...

ameeeeeiiii
elegancia não é sinonimo de dinheiro ou status!!!
bjs

Dri Viaro disse...

eu costumo sempre escutar, mas tem gente que é sem noção e não deixa a gente falar de jeito nenhum né?
bjsss

Dri Viaro disse...

eu costumo sempre escutar, mas tem gente que é sem noção e não deixa a gente falar de jeito nenhum né?
bjsss

Ernani Netto disse...

Eu sou desses elegantes!

Trato todo mundo bem, mas tenho meus dias de péssimo humor, porque de mau humor ainda sou mais educado que a média brasileira!

BJaum

Anna Oh! disse...

Ótimo texto!
Não existe aula de etiqueta, manual de bons modos que ensine o respeito ao outro e os momentos de falar e calar.

Bjõesssssssss

Fernanda disse...

Olá Loira e Morena!
O texto da Martha Medeiros é ótimo... já vi outros textos maravilhosos dela que gostei tbm...

Adorei o cantinho de vocês.. voltarei mais vezes por aqui..

Beijos,
Fernanda.

Taís disse...

clap clap clap!
Mais um texto da Martha que eu aplaudo em pé.
Nada resiste à elegancia... nem as pessoas mais grosseiras.
Gostei muito
Bjos

Lilith disse...

Lindo texto...tenho a sorte de conhecer e conviver com pessoas assim o que faz eu me esforçar muito para ser assim também...realmente um belo texto...bj.